Whatsapp
(61) 98105-5251

Águas Claras
(61) 3204-3283

Home » Blog » Vocabulário Mineiro: palavras e expressões de Minas Gerais  

Vocabulário Mineiro: palavras e expressões de Minas Gerais  

Conheça o mineirês, o dialeto exclusivo dos mineiros

 

Além da simpatia e hospitalidade de seus habitantes, admirada culinária e monumentos históricos, Minas Gerais também é conhecida por ter um dialeto próprio. Historicamente, as características deste dialeto surgiram durante o século XIX após a decadência da mineração quando o estado sofreu influência do linguajar carioca em sua parte sudeste, que passaram a mesclar o dialeto caipira com o mineiro. Porém, a região central do estado desenvolveu uma linguagem exclusiva popularmente conhecida como o mineirês. Neste post, separamos palavras e expressões comuns e muito falada em Minas Gerais:

 

Arreda – chegar pra lá

Arroiado – cheio

Ataiá – cortar caminho

Atazaná – encher o saco

Bagaça – coisa ruim

Bobiça – bobagem

Beagá ou Belzont – Belo Horizonte

Beraba – Uberaba

Berlândia – Uberlândia

Brazía – Brasília

Cabuloso – estranho, complicado

Caça confusão – arrumar briga

Cacunda – costas

Cadin – um pouco

Cadiquê – por causa de quê

Cambada – grupo de pessoas

Capaz – de jeito nenhum

Casca fora – sumir

Causo – caso, estória

Cê tá bão? – Você está bem?

Culiado – aliado

Curuis – credo

Custoso – difícil

Di butuca – espiando

Di fasto – de ré

Di vera – verdade

Dediprosa – conversar um pouco

Deus ti pague – obrigado

Dimais da conta – além do esperado

Disfeita – menosprezo

Disgrama – desgraça, desaforo

Ê, lá em casa – desejo

Ê, lasquera – surpresa boa ou má

É mió – é melhor

Em tempo – correndo o risco

Embuchá – engravidar

Encantoá – deixar sem saída

Encarangá – encolher de frio

Encasquetá – fixar ideia na cabeça

Enrabichado – envolvido com alguém

Entojado – chato

Estorvano – atrapalhando

Êta, ferro – se dar mal, desespero

Facidéia – sei

Fica veiáco – precaver-se

Fingi di égua – fingir de bobo

Furdunço – confusão

Garrado – atrasado

Gastura – nervoso

Gradicido – Obrigado

Intojo – chatice

Inventá moda – agir de modo inusitado

Ispia só – olhe

Isturdia – outro dia

Jacu – capiau, idiota

Logo ali – lugar distante

Malcriação – desaforo

Manota – mico

Matula – marmita

Meia boca – mais ou menos

Moço – qualquer pessoa

Moiá a cobra – chamar a atenção

Moitá – esconder

Mucado – um pouco

Muntá no porco – entrar numa fria

Murrinha – insistência

Né nada – questionamento negativo

Nhaca – cheiro ruim, má sorte

Nó – espanto, pena

Nú – admiração, satisfação

Nu jeito – oportunidade para fazer algo

Ô, bobo – rejeição por esperteza

Ôa – sai fora

Óia só – advertência para chamar atenção

Panhá – pegar

Paradeza – sem movimento

Passá manta – causar prejuízo

Pelejano – lutando dia a dia

Pocaso – indiferença

Pra mode – com a finalidade de

Prus côco – mal feito

Qualé – quem

Qui nem – igual

Que qui cê tá arrumano? – o que você está fazendo?

Quimportamilá – desprezo, renúncia

Rachá os bico – rir muito

Ré – espanto, admiração

Sá – feminino de sô

Sartá de banda – sair fora

Sô – qualquer pessoa

Tá doido? – espanto

Tê um troço – ser surpreendido

Tem base? – sério?

Tô poco me lixano – não estou nem aí

Trapaiado – atrapalhado

Trem – qualquer coisa ou objeto

Trenheira – várias coisas

Uai – espanto, admiração, interrogação

Varado di fome – com muita fome

Fonte: turismodeminas.com.br  

 

Agora que ocê aprendeu a falar esse tandi coisa, vem pro D’Lurdes experimentar as delícias mineiras, uai!

 

SERVIÇO

D’Lurdes Delícias de Minas

Av. Castanheiras, rua 33/34 norte, ed. Beverly Hills Plaza – Águas claras

Telefones: 3204-3283 ou pelo Whatsapp 98105-5251

Horário: Almoço das 11h às 15h/ Jantar das18h às 23h;

 

 

Cancelar